SINERGIA CORPORATIVA.

Atualizado: 30 de Ago de 2019

O TRABALHO DO GESTOR:

Há várias ideias sobre a figura do GESTOR. Ao analisarmos as conceituações de diversos especialistas da Administração, em função de pontos de vista diferentes e pela própria amplitude do assunto, não encontraremos uma definição unânime. Mas, numa visão mais simples, podemos entender o GESTOR como o profissional que liga recursos disponíveis atuando com PESSOAS para chegar aos OBJETIVOS estabelecidos. E com o uso da SINERGIA haverá maiores probabilidades de um resultado positivo.


Para ser um GESTOR é preciso muito mais do que uma posição definida num ORGANOGRAMA. É necessário ter competência de alto desempenho, requisitos muito mais apreciados do que a cor diferente do crachá, uma sala em separado ou qualquer outro ARTEFATO que indique a posição.


Sua tarefa na maioria das vezes é árdua ao gerenciar incertezas.

É fazer várias ESCOLHAS com base em informações acessíveis e atualizadas para a TOMADA DECISÃO com equilíbrio no campo intelectual, comportamental e emocional.

SINERGIA CORPORATIVA:

Para ter competência de alto desempenho, o primeiro ponto para o GESTOR é ter o hábito de pensar em duas formas de trabalho bem específicas:


O resultado das suas decisões na GESTÃO deverá contribuir para que a empresa realize mais do que a soma total de recursos que foram aplicados. É a ideia do TODO ser maior do que a soma das partes que o constituem entendida como SINERGIA CORPORATIVA.

Isto se dá quando um GESTOR sabe lidar com as diversas partes envolvidas que juntam forças, competências, cooperam e trabalham agregadas em sincronia, interagem e trocam informações para chegar a um determinado OBJETIVO. Essa é a única maneira que o verdadeiro TODO pode ser criado: é ação ou esforços simultâneos em cooperação com todos.


SOMANDO FORÇAS:

Sinergia significa "união" ou "junção” tendo origem na palavra grega SYNERGEIN e do francês SYNERGIE. Trabalhar em SINERGIA é somar diversas forças em direção a um objetivo comum voltado para o crescimento e desenvolvimento de uma organização.


A Sinergia faz a soma das forças no mesmo foco (um objetivo comum) e no mesmo rumo para construir a empresa com diferenciais em relação à concorrência. Implica no esforço conjunto de todos integrantes em qualquer nível e área, desde o operacional até o mais alto escalão da Administração.


Mas, este esforço só poderá surtir efeito no CAPITAL HUMANO sob algumas condições examinadas previamente. O efeito SINERGÉTICO dificilmente acontece sem a presença de uma LIDERANÇA atuante que cultive um verdadeiro espírito de equipe. Ou seja, uma LIDERANÇA que conduza PESSOAS, um elemento responsável pelo sucesso da empresa. Portanto, unir talentos é imprescindível para que 1+1 seja = 3.

DIRETORIA, ALTA ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO:

Afinal, se a SINERGIA contribui para a empresa vencer com maiores chances num mercado competitivo, a DIRETORIA, ALTA ADMINISTRAÇÃO e GESTÃO têm que descruzar os braços e sair da caixinha para as coisas acontecerem...

Os discursos sobre SINERGIA são magníficos: todos juntos trabalhando em harmonia, alinhando metas e objetivos, vencendo e alcançando o sucesso. Mas, há outros fatores embutidos neste processo que podem por tudo a perder:


1 – É primordial que os trabalhos e as forças se completem. Assim, as responsabilidades são repartidas da maneira mais conveniente para todos. Mas, será inútil doutrinar os colaboradores para a SINERGIA se o exemplo não for dado por que está no comando.


2 – As rivalidades e desentendimentos gerados nos níveis superiores têm efeitos adversos: passam o clima ruim para a estrutura, contaminam o ambiente e são altamente desmotivadores.


3 – Se não houver LIDERANÇA, coerência e o bom exemplo (não apenas a pressão e a cobrança), cada colaborador ou área vai atuar de forma independente. Isso contribui para retardar tarefas, soluções e o andamento dos processos. Qualquer coisa feita neste clima se transforma num fardo desgastante e o trabalho deixa de ser prazeroso. Funcionários em desarmonia e sem motivação vão apenas olhar para relógio esperando o horário para ir embora e no calendário esperando o dia do pagamento.

4 – Administrar CONFLITOS e lidar com PESSOAS é uma arte. Uma empresa de mente moderna procura resolver problemas e conflitos no lugar procurar culpados numa operação caça às bruxas.


5 – Com o bom exemplo vindo de quem está no comando, o estímulo para a equipe vai acontecer de modo natural. Vai unir departamentos e seus profissionais num comprometimento coletivo para solucionar variadas situações.

A SINERGIA soma forças ao buscar integração entre as partes da organização e faz com que todos os participantes, em qualquer dos níveis hierárquicos, se envolvam no mesmo objetivo. Havendo uma correta compreensão da atitude sinérgica sua importância será possível encontrar as melhores soluções do que seria obtido num esforço individual. Pessoas com habilidades e competências diferentes criam equipes de alto desempenho e com maior autonomia.

Sugestão de Leitura.


LINS, S. Sinergia. Fator De Sucesso Para O Aprendizado Organizacional. São Paulo, Editora Campus, 2005.


COVEY, STEPHEN R. Sinergia - O Poder da Cooperação. Editora Elsevier, São Paulo, 2003.

39 visualizações
  • Google+ Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon
ENTRE EM CONTATO
  • Grey Google+ Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey LinkedIn Icon
  • Grey Facebook Icon